O monitoramento do nível d'água na RDSM teve início em agosto de 1990, no entanto, a coleta só foi realizada de forma contínua a partir de novembro 1991. A escolha do local para a instalação da estação fluviométrica em Mamirauá obedeceu aos seguintes critérios: facilidade logística de acesso à estação, presença permanente de observador, a ausência de obstrução à jusante, por ser um local de águas relativamente tranquilas e por ser parcialmente protegido contra a ação de objetos carregados pelas cheias.

Durante os primeiros anos de monitoramento, as medições foram feitas com auxílio de réguas de madeira graduadas fixadas no solo ou em árvores de lento crescimento localizadas próximas às margens do local de coleta. A partir de 2005, foram instaladas réguas de alumínio de 5 metros em dois lances, e estas foram equipadas com réguas linimétricas do tipo Water Mark Stream Gauges Style M. A escala utilizada sempre teve a precisão mínima de 0,01 m. Réguas sobressalentes foram instaladas em caso de destruição da régua original, ou quando as cotas máximas e mínimas ultrapassaram os limites das réguas instaladas.

A leitura do nível d'água e a manutenção das estações fluviométricas foram realizadas diariamente sempre no período da manhã. A leitura realizada foi sempre a variação do nível d'água em centímetros em relação ao dia anterior.

Todos os dados coletados foram corrigidos para metros acima do nível do mar - m.a.n.m, height above ellipsoid HAE. A aferição da altitude foi realizada no dia 29/11/2008 utilizando equipamento GPS Trimble com recepção Omnistar no Flutuante Mamirauá. A cota registrada neste dia foi de 29,33 metros acima do nível do mar (d.p. = 0,12m).

As coletas foram realizadas no cano do Lago Mamirauá (03º06'55"S e 64º47'50"W), próximo ao Flutuante Mamirauá, uma das bases de campo mantidas pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá - IDSM.

Quer ler mais?

Acesse: Ciclo hidrológico nos ambientes de várzea da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá Médio Rio Solimões, período de 1990 a 2008.

Gráfico

Resumo do último mês

Nº de medições:
Média mensal: m.a.n.m.
Nível máximo: m.a.n.m.
Nível mínimo: m.a.n.m.

Faça sua consulta:

Abaixo você pode consultar as informações de seu interesse na nossa base de dados. Para fazer a consulta basta digitar o período desejado e clicar em Filtrar para obter os dados. Automaticamente o gráfico do período será gerado. Mas lembre-se, a série histórica iniciou em agosto de 1990.

Uma outra opção é selecionar o ano de interesse no filtro de séries de dados anuais. O gráfico gerado terá todos os dados coletados naquele ano.

Para salvar o gráfico como figura basta clicar com o botão direito do mouse e mandar "salvar como figura".

Você também pode trabalhar com os dados coletados. Para isso basta preencher as informações abaixo e solicitar a exportação dos dados. Os dados serão exportados em formato Excel e você pode salvá-los em seu computador.

Para utilizar os dados em publicações, trabalhos científicos ou acadêmicos, apresentações, etc., basta citar a fonte conforme sugerido abaixo.

Filtro por intervalo
Filtro por Ano

Fluviometrico - Instituto Mamirauá

Como citar os dados até 2008:

E. E. RAMALHO; J. MACEDO; T. M. VIEIRA; J. VALSECCHI; J. CALVIMONTES; M. MARMONTEL; H. L. QUEIROZ. Ciclo hidrológico nos ambientes de várzea da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá Médio Rio Solimões, período de 1990 a 2008. UAKARI, v.5, n.1, p. 61-87, jun. 2009.


Como citar os dados a partir de 01/01/2009:

INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL MAMIRAUÁ. Banco de dados fluviométrico da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá. Acessado em 07/12/2019
http://mamiraua.org.br/pt-br/pesquisa-e-monitoramento/monitoramento/fluviometrico/.